Situação da ciência brasileira e corte orçamentário são debatidos na CCT

11/07/2017, 13h22 - ATUALIZADO EM 11/07/2017, 13h27

A saída para a crise econômica depende de investimentos em ciência e inovação, tanto por parte do setor público como do setor privado. Essa é a opinião de representantes da comunidade científica que participaram de audiência pública na Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT). A presidente da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), Helena Nader, observou que a Emenda à Constituição do Teto dos Gastos Públicos (PEC 55/2016) não considerou a Ciência como prioritária. Para o senador Jorge Viana (PT–AC), autor do requerimento da audiência, o país deve eleger prioridades. O senador citou, como exemplo, o fato de os Estados Unidos tornarem o deserto da Califórnia uma potência econômica. Ouça mais informações no áudio da repórter da Rádio Senado Iara Farias Borges.



Opções: Download