Hospitais não poderão cobrar autorização prévia de planos de saúde em caso de risco de morte do paciente

12/07/2017, 14h29 - ATUALIZADO EM 12/07/2017, 14h48

Os hospitais não poderão cobrar autorização prévia dos planos de saúde para internações e procedimentos médicos quando se tratar de caso urgente para salvar a vida do paciente. É o que estabelece um projeto de lei (PLS 480/2015) aprovado nesta quarta-feira (12) na Comissão de Assuntos Sociais do Senado (CAS). A presidente da comissão, senadora Marta Suplicy (PMDB–SP), aproveitou a última reunião da CAS antes do recesso parlamentar para fazer um balanço do semestre. Saúde bucal, medicamentos manipulados e saneamento básico foram alguns dos assuntos discutidos e votados pelos senadores. Marta Suplicy destacou também o debate sobre a reforma trabalhista, que foi rejeitada na Comissão de Assuntos Sociais, mas aprovada na votação final em Plenário. Ouça os detalhes no áudio do repórter da Rádio Senado, Floriano Filho.



Opções: Download