Aprovada MP que aumenta exigências para concessão de benefícios previdenciários

01/06/2017, 08h34 - ATUALIZADO EM 01/06/2017, 08h57

O Plenário do Senado aprovou, na noite de quarta-feira (31), a MP 767/2016 que concede gratificação aos médicos da Previdência Social por cada perícia realizada em benefícios concedidos por incapacidade do segurado. A MP também aumenta o prazo mínimo de contribuição à Previdência para o segurado ter direito ao auxílio-doença, aposentadoria por invalidez ou salário-maternidade. O segurado terá que ter pelo menos seis contribuições mensais para receber o auxílio-doença ou aposentadoria por invalidez, e cinco contribuições para ter direito ao salário-maternidade.  O senador Paulo Paim (PT-RS) criticou a proposta por deixar muitos trabalhadores que não têm condições de voltar ao serviço em situação ainda mais precária. Segundo Paim, desde a edição da MP, o governo de Michel Temer já tirou o benefício de 25 mil pessoas. A reportagem é de Paula Groba, da Rádio Senado.



Opções: Download