Hoje senadoras querem votação restrita a projetos ligados aos direitos da mulher, diz Gleisi

08/03/2017, 09h48 - ATUALIZADO EM 08/03/2017, 14h39

Neste Dia Internacional da Mulher, celebrado nesta quarta (8), o Plenário do Senado e a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) só deverão votar projetos relacionados aos direitos das mulheres. Foi o que afirmou a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), em entrevista à Rádio Senado. Segundo ela, um grupo de senadoras defende que a votação de uma pauta exclusivamente feminina seja a forma de o Senado participar da greve internacional de mulheres, movimento que deve ter paralisações em pelo menos 30 países nesta quarta-feira. Dois projetos apresentados por Gleisi Hoffmann estão na pauta da CCJ: o que tipifica como crime a injúria motivada por questões de gênero (PLS 291/2015) e o que institui em todo o país o programa Patrulha Maria da Penha (PLS 547/2015). Ouça a entrevista ao jornalista Adriano Faria:



Opções: Download