Projeto garante assistência psicológica a atletas

07/02/2017, 12h47 - ATUALIZADO EM 07/02/2017, 12h50

Uma proposta em análise na Comissão de Educação, Cultura e Esporte quer obrigar clubes a prestar assistência psicológica a seus atletas (PLS 13/2012). Atualmente, a legislação brasileira prevê que apenas as entidades desportivas que formam o atleta são obrigadas a prestarem este tipo de assistência. Os clubes que contratam jogadores, nadadores ou corredores já formados estariam de fora dessa determinação. O texto que amplia essa exigência já foi aprovado na Comissão de Assuntos Sociais. A senadora Lúcia Vânia (PSB-GO) foi a relatora e lembrou que são frequentes os relatos de carreiras precocemente liquidadas em virtude da baixa resiliência de alguns jovens para lidar com o estresse, a ansiedade e as frustrações relacionadas à carreira esportiva. Detalhes com o repórter da Rádio Senado Bruno Lourenço.



Opções: Download