Projeto cria o serviço de controle do tráfego marítimo e da praticagem

13/01/2017, 17h14 - ATUALIZADO EM 13/01/2017, 17h17

O naufrágio do navio Costa Concordia, ocorrido na Itália, completou cinco anos nesta sexta-feira (13). Com o objetivo de aprimorar a segurança do tráfego marítimo no Brasil, um projeto de lei da senadora Kátia Abreu (PMDB-TO) cria o Serviço de Controle do Tráfego Marítimo e da Praticagem (PLS 422/2014). De acordo com o texto, o serviço vai atuar em cada zona portuária, com a responsabilidade de passar informações às embarcações, como, por exemplo, a ordem de entrada nos canais de acesso, as correntes que estão se formando, ou qualquer dado relevante para a navegação. Kátia Abreu explica que a intenção é, além de proporcionar segurança, aumentar o uso do transporte marítimo. O texto está em análise na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), como informa Rebeca Ligabue, da Rádio Senado.



Opções: Download