CAS aprova projeto que regulamenta gorjetas dadas a garçons

30/11/2016, 12h22 - ATUALIZADO EM 30/11/2016, 12h52

Parte do dinheiro arrecadado pelos garçons com a gorjeta deve ser usada pelos bares e restaurantes para pagar a Previdência Social. É o que estabelece proposta (PLC 57/2010) aprovada nesta quarta-feira (30) na Comissão de Assuntos Sociais do Senado (CAS). Segundo o relator, senador Paulo Paim (PT– RS), a medida busca proteger os trabalhadores e foi negociada com garçons e empresários.

Reportagem de George Cardim, da Rádio Senado.



Opções: Download


Senado Agora
11h23 Dívidas tributárias: Transferida para esta quarta (19) a votação do relatório do deputado Marco Bertaiolli (PSD-SP) na comissão mista que analisa as regras para a renegociação de dívidas tributárias. Ele é favorável à MP 899/2019, com emendas.
11h17 Ataque a jornalista: O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, afirmou que a declaração de Jair Bolsonaro sobre a jornalista da Folha de S. Paulo, Patrícia Campos Mello, "é lamentável, porque todos nós sabemos da importância da imprensa brasileira".
10h23 Propaganda de bebida alcoólica: Senadores da CAS aprovaram o Requerimento 6/220 para realizar audiência pública, com data a ser definida, sobre projetos (PLC 83/2015, PLS 323/2015 e PLS 443/2015) que proíbem propagandas de bebida alcoólica.
Ver todas ›