Autoridades poderão ter que informar pela internet paradeiro de carros guinchados

20/06/2016, 13h03 - ATUALIZADO EM 13/09/2016, 23h05

As autoridades de trânsito poderão ser obrigadas a informar pela internet o paradeiro dos veículos recolhidos pelo guincho. Projeto de lei (PLS 243/2016) do senador José Medeiros (PSD-MT) prevê um prazo de até duas horas para que Detran, Polícia Rodoviária e Polícia Militar informem na rede mundial de computadores o pátio ou o depósito para onde o carro foi recolhido. Atualmente, a lei obriga que a comunicação seja feita ao motorista infrator em um prazo de até 10 dias. A proposta aguarda análise na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), como informa o repórter George Cardim, da Rádio Senado.



Opções: Download