CAS aprova novas regras para os adicionais de insalubridade e periculosidade

16/03/2016, 15h33 - ATUALIZADO EM 27/09/2016, 11h32

Uma proposta aprovada na Comissão de Assuntos Sociais do Senado (CAS) pode acelerar o pagamento dos adicionais de insalubridade e periculosidade. A ideia é dar eficácia imediata ao laudo que atestar que uma atividade é perigosa ou danosa à saúde. O projeto (PLS 345/2015), de autoria do senador Marcelo Crivella (PRB–RJ), determina o pagamento do adicional assim que a atividade for considerada insalubre ou perigosa pela perícia do médico ou engenheiro de trabalho. O assunto será examinado agora pela Câmara dos Deputados. A reportagem é de Marcela Diniz, da Rádio Senado.



Opções: Download


Senado Agora
15h52 Fundos Constitucionais: A comissão mista aprovou a MP 812/2017, que muda o cálculo dos encargos financeiros de fundos constitucionais e reduz taxas de administração dos recursos. A MP segue para os Plenários da Câmara e do Senado.
13h16 Pessoas com câncer : Comissão de Direitos Hunanos aprovou o projeto (PLS 403/2016) que garante atendimento prioritário a pessoas com neoplasia maligna (câncer) que estejam se submetendo a quimioterapia ou radioterapia.
13h02 Identificação de idosos: CDH aprovou o PLS 126/1016 proibindo o uso pejorativo de símbolo para identificação preferencial de idosos. Projeto do senador Waldemir Moka pretende acabar com o constrangimento dos idosos.
Ver todas ›