Adolescência e o despertar para o exercício da cidadania


George Breno dos Anjos Queiros

George Breno dos Anjos Queiros
  • Colocação no estado: 1º colocado estadual
  • Ano de participação: 2011
  • Escola: Escola Estadual Joaquim de Sena e Silva
  • Cidade: Combinado - TO

  • Proposição apresentadaSF SUG 15/2011 de 12/12/2011
    Ementa: Altera a Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, para dispor sobre a prevenção à violência nos estabelecimentos de ensino. (Parágrafo único do art. 20 da Resolução nº 42, de 2010).

Por meio da redação “Brasil: um paraíso em construção”, George Breno dos Anjos Queiros, de Combinado-TO, levou ao Plenário do Senado Federal suas angústias e desejos de um país melhor. “Tive uma nova visão da política, um olhar que todos os cidadãos deveriam ter. Não foi uma simulação, me senti realmente como um senador, com a sensação de que tinha uma grande responsabilidade em mãos para com o povo brasileiro”, enaltece ao explicar que compartilha com todos o que aprendeu durante os três dias em Brasília.

A Capital Federal não era um terreno desconhecido, George costumava passar as férias na cidade. “Passeava em shoppings, cinemas, mas não conhecia os pontos turísticos. Foi gratificante conhecer Brasília sob um novo viés, ter contato com novas culturas e realizar o sonho de viajar pela primeira vez de avião”, sorri.

A participação no projeto também ajudou na estima do Jovem Senador, que está cada vez mais confiante. “Não fico mais nervoso ao escrever uma redação no vestibular ou em algum concurso, pois eu sei que sou capaz”. Não por menos, hoje é estudante de Letras da Universidade Estadual de Goiás (UEG).

Entrevista concedida por e-mail, em 26/04/2012.

Escola Estadual Joaquim de Sena e Silva
Endereço: Telefone:
(63) 36851077
Diretor:
Lourival de Oliveira

"A oportunidade de participar do projeto Jovem Senador foi extremamente gratificante, pois eu tive o privilégio de me aproximar de um universo que parecia estar muito distante do meu e pelo o qual eu não me interessava, acreditava que apenas votar com consciência e sabedoria já seria o bastante. Contudo, após cumprir o mandato de jovem senador percebi que o Senado Federal, e a política de um modo geral, não deve ser visto com este distanciamento, e sim como parte da minha realidade, do meu convívio, uma vez que eu tenho uma responsabilidade como cidadão brasileiro. Eu tenho que exercer a minha cidadania, a minha voz tem poder e aqueles que se calam estão contribuindo para o fracasso do país. Muitos anos se passaram desde o meu envolvimento neste projeto até os dias atuais e consequentemente muitas coisas mudaram em minha vida. Ter sido jovem senador por alguns dias me fez olhar com mais criticidade para a sociedade, compreender a necessidade de se prestar mais atenção aos problemas sociais, me incomodar com as injustiças e entender que mesmo sendo pouco eu posso fazer algo em prol do Brasil."

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 0 61 2211