Após operação da Polícia Federal, Paim diz que CDH debaterá situação da carne

Da Redação e Da Rádio Senado | 20/03/2017, 17h41 - ATUALIZADO EM 20/03/2017, 20h29

A Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) fará uma audiência pública para discutir a qualidade da carne.  O anúncio foi feito em Plenário pelo senador Paulo Paim (PT-RS), vice-presidente da comissão. O debate está marcado para 28 de março.

O senador defendeu o aprofundamento da investigação da Operação Carne Fraca, da Polícia Federal, que desmontou um esquema de corrupção que possibilitava a liberação dos produtos sem a fiscalização adequada. Paim disse que não se pode generalizar, punindo também os que não cometeram irregularidades.

— Isso aqui tem a ver com direitos humanos, porque se tudo aquilo que foi falado for real, nós temos que esclarecer. Estamos falando de saúde do nosso povo. Eu vou torcer muito que não seja real, mas que temos que ir a fundo, temos que ir.

Terceirização

Paim também apelou ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia, para que não coloque em votação o projeto que regulamenta a terceirização do trabalho.

Há a possibilidade de a proposta ser votada esta semana, mas segundo Paim, o texto, que é de 1998, está ultrapassado. Outro problema apontado pelo senador é que o projeto permite a terceirização de mão-de-obra em todas as funções.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)