Aprovação da LDO 2018 reacende debate sobre auditoria da dívida pública

17/07/2017, 10h28 - ATUALIZADO EM 17/07/2017, 14h55

As discussões em torno do projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias para o Orçamento da União de 2018 trouxe de volta a ideia defendida por alguns parlamentares de fazer uma auditoria na dívida pública brasileira. Com a limitação das despesas da União imposta pela Emenda Constitucional do Teto dos Gastos Públicos, cada real passou a ser disputado pelos diferentes setores que dependem de recursos do Governo Federal. Para o relator do PLN 01/2017, que instituiu a LDO, deputado Marcus Pestana (PSDB-MG), a tese da auditoria da dívida pública “é uma grande bobagem”. Já o senador Hélio José (PMDB-DF) considera a auditoria uma medida importante. Ele lembra que o Equador auditou a sua dívida pública e conseguiu reduzir os seus débitos em 30%. A reportagem é de Carlos Penna Brescianini, da Rádio Senado.



Opções: Download