Reportagens da Rádio Senado são finalistas de prêmio da ANPR — Rádio Senado
Institucional

Reportagens da Rádio Senado são finalistas de prêmio da ANPR

Rádio Senado é finalista na categoria de Jornalismo em rádio no Prêmio República de Valorização do Ministério Público Federal organizado pela Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR). Duas séries de reportagens concorrem ao prêmio: “Adoção: construindo afetos” e “É Mentira - uma série sobre fake News”.

 

15/04/2019, 15h22 - ATUALIZADO EM 15/04/2019, 15h22
Duração de áudio: 02:04

Transcrição
LOC: A RÁDIO SENADO FOI INDICADA AO PRÊMIO DE MELHOR REPORTEAGEM NA CATEGORIA JORNALISMO EM RÁDIO DO PRÊMIO REPÚBLICA DE VALORIZAÇÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL. LOC: A PREMIAÇÃO RECEBEU AO TODO 142 INSCRIÇÕES DIVIDIDAS EM 4 CATEGORIAS. A REPORTAGEM É DE JOSÉ ODEVEZA. (Repórter) Com reportagens que falam sobre adoção e sobre Fake News, a Rádio Senado é finalista na categoria de Jornalismo em rádio no Prêmio República de Valorização do Ministério Público Federal, organizado pela Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR). A premiação, que está na sua sétima edição, recebeu 142 inscrições distribuídas em quatro categorias. Para a jornalista Dinalva Ferreira da TV Senado, responsável pela reportagem: Adoção: construindo afetos, que é uma das finalistas, a indicação foi recebida com muita alegria, já que o prêmio não serve só para parabenizar os jornalistas mas também dar visibilidade às pautas trabalhadas. (Dinalva Ferreira) Estou muito feliz, eu acho que mais do que chamar atenção para o trabalho do jornalista é que chama atenção para um problema que é um problema social grande. No entanto é um trabalho que envolve uma equipe enorme então não é um prêmio só meu é um prêmio, que assim, é dividido por mil. (Repórter) A premiação tem como missão integrar os principais elementos da luta pela cidadania e pelos direitos humanos. As inscrições foram analisadas por 17 jurados que avaliaram os trabalhos com base no alcance social, criatividade, complexidade, eficiência e potencial de multiplicação. Para o jornalista Rodrigo Resende, da Rádio Senado, responsável pela reportagem finalista “É Mentira - uma série sobre fake News” a oportunidade de poder concorrer com um trabalho que fala sobre a qualidade da informação é muito gratificante. (Rodrigo Resende) É muito legal ver uma instituição como a ANPR reconhecer nesse prêmio a importância que o jornalismo tem, não só pelo prêmio em si, mas uma matéria como essa, que trata de Fake News sendo uma finalista. Nos tempos de hoje que a informação é tão rápida o jornalismo, eu acredito, se faz cada vez mais necessário. (Repórter) A cerimônia de premiação será realizada no dia 30 de abril de 2019, em Brasília. Todos os finalistas receberão Certificado de Participação da sétima edição do Prêmio.

Ao vivo
00:0000:00