Subcomissão deve visitar obras da Usina de Belo Monte em abril — Rádio Senado

Subcomissão deve visitar obras da Usina de Belo Monte em abril

LOC: A FORÇA NACIONAL DE SEGURANÇA PÚBLICA DEVERÁ GARANTIR A CONTINUIDADE DAS OBRAS DA HIDRELÉTRICA DE BELO MONTE, NO RIO XINGU, NO PARÁ. MANIFESTANTES QUEREM QUE A CONSTRUÇÃO DA USINA SEJA SUSPENSA. 

LOC: A SUBCOMISSÃO TEMPORÁRIA DO SENADO PARA ACOMPANHAMENTO DA EXECUÇÃO DAS OBRAS DEVE VISITAR BELO MONTE NO INÍCIO DO MÊS QUE VEM. REPÓRTER NARA FERREIRA. 

TÉC: Portaria do Ministério da Justiça publicada no Diário Oficial da União determina que a Força Nacional, que já vinha atuando no Pará, faça a segurança de todas as obras de infraestrutura energética no estado. O pedido de reforço partiu do Ministério das Minas e Energia, depois que um dos três canteiros de obras da hidrelétrica de Belo Monte foi ocupado por índios, colonos e ribeirinhos. Eles alegam que a empresa Norte Energia descumpriu as condicionantes para execução da obra. O envio da Força Nacional para o local visa garantir a segurança das pessoas, do patrimônio e a manutenção da ordem pública. Os policiais vão atuar também para evitar a paralisação das obras. O senador Delcídio do Amaral, do PT de Mato Grosso do Sul, é presidente da Subcomissão Temporária para Acompanhar a Execução das Obras da Usina de Belo Monte. Ele informou que após a Semana Santa a subcomissão vai visitar o Pará para verificar de perto as obras. E manifestou preocupação com notícias de atrasos na implantação de programas de proteção do meio ambiente e das famílias atingidas pela barragem. 

(DELCÍDIO DO AMARAL) Daqui a pouco a barragem está pronta e as obras que vão trazer conforto, vão trazer dignidade para aquelas pessoas atingidas pela barragem de Belo Monte, não foram concluídas. 

(REP) O senador Flexa Ribeiro, do PSDB do Pará, vice-presidente da subcomissão, disse que se não houver uma solução, as paralisações vão continuar. 

(FLEXA) as paralisações permanentes das obras irão continuar se não houver o avanço a aceleração das condicionantes e nos parece e vamos ver isso em loco na semana que vem, não estão andando na velocidade que está a barragem e elas tem que andar numa velocidade maior que deveriam ser ações que deveriam antecipar a implantação. 

(REP) Cinco senadores da subcomissão vão a Altamira e Vitória do Xingu nos dias 4 e 5 de abril.
26/03/2013, 01h57 - ATUALIZADO EM 26/03/2013, 01h57
Duração de áudio: 02:00
Ao Vivo

Não é usuário? Cadastre-se.

Ao vivo
00:0000:00