Psiquiatras ouvidos na CAS defendem penalização para usuários — Rádio Senado

Psiquiatras ouvidos na CAS defendem penalização para usuários

LOC: PSIQUIATRAS OUVIDOS NA COMISSÃO DE ASSUNTOS SOCIAIS DEFENDEM PENALIZAÇÃO PARA USUÁRIOS DE DROGAS.  

LOC: REPRESENTANTES DOS MINISTÉRIOS DA JUSTIÇA E DA SAÚDE, NO ENTANTO, CRITICAM PROPOSTA DO SENADOR DEMÓSTENES TORRES DE INTERNAÇÃO COMPULSÓRIA DE DEPENDENTES QUÍMICOS. REPÓRTER BRUNO LOURENÇO. 

TÉC: o senador Demóstenes Torres, do Democratas de Goiás, quer autorizar o juiz a determinar a internação de usuário de drogas que recuse o tratamento voluntário. Uma comissão técnica ajudará o magistrado na decisão. O psiquiatra e presidente do conselho regional de medicina de goiás, Salomão Rodrigues Filho, defendeu a penalização para usuários de drogas porque a situação é preocupante.
(SALOMÃO): não sou ingênuo de achar que a lei vai resolver o problema. Que nós vamos resolver o problema. Mas temos que fazer muito mais do que estamos fazendo.
(REPÓRTER): Salomão sugeriu que a proposta crie uma multa pesada para o usuário eventual em vez de prisão. E pediu um controle maior do Estado sobre todos os materiais utilizados para o refino das drogas. Outro psiquiatra Marcelo Ferreira Caixeta, que trabalha em uma clínica para dependentes químicos de Goiânia, também pediu mudanças na legislação atual, mas ressaltou que existe hoje um problema gerencial, que impede o tratamento adequado de quem precisa.
(CAIXETA): os recursos existem, o problema é o direcionamento.
(REPÓRTER): já a assistente técnica da área de saúde mental do ministério da saúde, Maria Cristina Correa Hoffmann, disse que a criminalização não é a saída.
(HOFFMANN): vários estudos publicados demonstram que a questão da penalização ou punição não tem surtido efeito na diminuição tanto no consumo quanto do sofrimento de usuários e de familiares.
(REPÓRTER): Para o diretor de projetos estratégicos e assuntos internacionais da secretaria nacional de política sobre drogas do ministério da justiça, Vladimir Stempliuk, o projeto do senador Demóstenes, passa uma mensagem equivocada. (VLADIMIR): a impressão que se tem ao ler o projeto é que num primeiro momento essas pessoas serão presas e num segundo momento serão oferecidas a essas pessoas um transacionamento dessa pena para o tratamento.
(REPÓRTER): Mas Demóstentes Torres defendeu a volta da penalização aos usuários de drogas.
(DEMÓSTENES): então o que queremos com o projeto. é que o juiz tenha sim uma alternativa de tratamento contra vontade do usuário, contra a vontade do usuário em casos graves. Por recomendação médica, porque ele cometeu um ilícito penal.
(REPÓRTER): O projeto também determina o uso das forças armadas no combate ao tráfico de entorpecentes. Esse artigo foi elogiado pelo Ministério da Justiça.
15/09/2011, 01h54 - ATUALIZADO EM 15/09/2011, 01h54
Duração de áudio: 02:22
Ao Vivo

Não é usuário? Cadastre-se.

Ao vivo
00:0000:00