Senado aprova criação da Universidade da Integração Luso-afro-brasileira — Rádio Senado

Senado aprova criação da Universidade da Integração Luso-afro-brasileira

LOC: O SENADO APROVOU A PROPOSTA QUE CRIA A UNIVERSIDADE FEDERAL DA INTEGRAÇÃO LUSO-AFRO-BRASILEIRA, A UNILAB. 

LOC: O OBJETIVO É AUMENTAR O INTERCÂMBIO CULTURAL E CIENTÍFICO ENTRE OS ESTUDANTES DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA. REPÓRTER GEORGE CARDIM. 

TÉC: A proposta do governo, já aprovada pela Câmara dos Deputados, tem o objetivo de promover o intercâmbio cultural e científico e uma maior integração dos estudantes brasileiros com Portugal e com os países africanos de língua portuguesa. Os cursos vão enfatizar as áreas de formação de professores, desenvolvimento agrário, administração pública e saúde, entre outras. A sede da instituição será em Redenção, no Ceará. Os relatores da proposta nas Comissões de Relações Exteriores e Constituição e Justiça, os senadores cearenses Inácio Arruda, do PC do B, e Tasso Jeiressati, do PSDB, lembraram que Redenção foi a primeira cidade brasileira a abolir a escravidão no Brasil, em 1883, cinco anos antes da promulgação da Lei Áurea. O senador César Borges, do PR da Bahia, defendeu uma sugestão apresentada pelo senador baiano Antônio Carlos Júnior, do Democratas, que determinava a criação de um campus avançado em Salvador, na Bahia. (César Borges) ¿Nada contra (Cardim) O líder do governo, senador Romero Jucá, do PMDB de Roraima, explicou que o presidente Lula se comprometeu a criar uma unidade da Unilab na capital baiana. (Jucá) (Cardim) A proposta vai ser encaminhada para sanção presidencial.
08/07/2010, 01h50 - ATUALIZADO EM 08/07/2010, 01h50
Duração de áudio: 01:51
Ao vivo
00:0000:00