• 16h09 CPI da Pandemia: Em resposta ao senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE), Queiroga afirmou que nunca ouviu falar e nem participou de reuniões com técnicos que fariam "assessoria paralela" ao presidente da República.
  • 16h02 CPI da Pandemia: Queiroga voltou a defender maior preparo do sistema de saúde para casos graves de covid-19. Dialogando com Marcos do Val (Podemos-ES), o ministro disse que taxa de mortalidade de pacientes intubados se deve à gravidade da doença.
  • 15h57 CPI da Pandemia: Questionado sobre negócios familiares, Queiroga disse que seu sogro é dono de um hospital que estava alugado ao estado da Paraíba muito antes dele virar ministro. "Eu não tenho nenhum tipo de relação com a gestão do hospital".