CDD debaterá impacto da Inteligência Artificial no contexto eleitoral

Da Agência Senado | 06/06/2024, 14h25

A Comissão de Defesa da Democracia (CDD) aprovou, nesta quinta-feira (6), requerimentos para audiência pública destinada a discutir “Democracia e Eleições: o impacto da inteligência artificial no contexto eleitoral brasileiro”.

Os requerimentos foram apresentados pelos senadores Humberto Costa (PT-PE), Beto Faro (PT-PA) e Teresa Leitão (PT-PE) e subscritos pela presidente da comissão, senadora Eliziane Gama (PSD-MA).

Os senadores justificam que “a utilização da IA durante os processos eleitorais revela um cenário complexo, especialmente diante do desafio de garantir que as campanhas eleitorais no Brasil não promovam desinformação nem interfiram nas decisões dos eleitores ao adotarem essa tecnologia”.

Para Humberto e Teresa, as novas tecnologias, especialmente a IA, levantam questões sobre o impacto da utilização massiva de dados na influência das escolhas dos eleitores.

A lista de convidados é composta por representantes do Tribunal Superior Eleitoral (TSE); da Advocacia Geral da União (AGU); do Ministério da Justiça e Segurança Pública; da Meta; do Tik Tok; do Google; do X (antigo Twitter); e ainda a integrante do Conselho Consultivo de Alto Nível da ONU para a Inteligência Artificial Estela Aranha.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)