Estudantes do Estágio Visita apresentam três sugestões de projetos de lei

Da Comunicação Interna | 25/11/2019, 12h53

Os estudantes que participaram do programa Estágio Visita no Senado, organizado pelo Interlegis/ILB, aprovaram na tarde dessa quinta-feira (21) três sugestões de projetos de lei. O primeiro determina que a Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) realize audiências públicas mensais com representantes dos estudantes. Outra proposta inclui na disciplina de história do Brasil, no ensino médio, conteúdo sobre a Constituição. Uma terceira sugestão cria a Semana Nacional de Conscientização Política da Juventude, a ser promovida pelo governo federal.

Segundo o coordenador do programa Estágio Visita, Ronaldo Luiz Leite Oliveira, as propostas serão agora enviadas ao presidente do Senado, Davi Alcolumbre, que decidirá o encaminhamento. Ele informou também que o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) pediu para receber as sugestões. Ronaldo é coordenador de Capacitação, Treinamento e Ensino (Cotren), do ILB.

Audiências

João Vitor Rocha dos Santos, de Tocantins e estudante de engenharia civil, disse que a realização de audiências com estudantes permitirá que jovens de todo o país apresentem aos senadores as suas necessidades e demandas nas diversas áreas, como saúde, educação e esporte.

— A gente pretende integrar a nossa juventude à política do Brasil. E quer trazer essa aproximação de novo, que os jovens voltem a ter apreço pela política, para que o nosso país melhore. A gente vê esse distanciamento hoje em dia porque muitos jovens não conhecem as leis que são decididas aqui no Congresso.

Constituição

A proposta que inclui a Constituição na disciplina de história foi defendida por Danielly Fernandes Azevedo, de Alagoas, que cursa direito, e pelo pernambucano Luiz Filipe Fernandes dos Santos, estudante de jornalismo. Para ela, o aprendizado sobre os direitos fundamentais e os poderes da República, entre outros temas, é fundamental para a formação da cidadania entre os jovens. Luiz Filipe disse que a sugestão nasceu da experiência que o grupo está tendo ao participar do Estágio Visita.

— Esse projeto foi elaborado por cada um desses jovens, porque eles acreditam no poder transformador da política, que é capaz de transformar a sociedade, o futuro. Através desse projeto de lei, vários jovens terão a oportunidade de conhecer como funciona o nosso sistema político, nossa democracia, como são criados projetos de lei — disse Luiz Filipe.

Semana

Os estudantes catarinenses Ian Amorim Silva, acadêmico de direito, e Kevin dos Santos Banruque, que estuda jornalismo, defenderam a sugestão de criar a Semana Nacional de Conscientização Política da Juventude. Na avaliação dos dois, o jovem brasileiro demonstra pouco interesse pela política. Por isso, poucos tiram o título de eleitor no período facultativo, dos 16 aos 18 anos de idade. A consequência, avaliam, estaria na qualidade dos políticos eleitos.

— Esse projeto é muito importante para a democracia, para os jovens que necessitam de formação política ter mais consciência no voto, para que no futuro tenhamos políticos mais inteligentes e um país mais inteligente também — disse Kevin, que estuda jornalismo.

Preparo

Antes da discussão e votação das sugestões, o secretário de Comissões, Dirceu Machado, explicou o funcionamento dos colegiados. Ele entregou aos 19 estudantes do Estágio Visita exemplares do Regimento Interno do Senado, que foi usado durante a reunião que aprovou as três sugestões de projetos.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Senado Agora
19h30 Anvisa: A Comissão de Assuntos Sociais aprovou a indicação de Cristiane Rose Jourdan Gomes para o cargo de diretora da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A Mensagem 65/2020, aprovada por 15 a 2, será votada em Plenário.
19h27 Anvisa: A indicação de Meiruze Sousa Freitas para o cargo de diretora da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) foi aprovada por 16 votos a 1 na Comissão de Assuntos Sociais (CAS). A Mensagem 60/2020 vai à Plenário.
19h24 Anvisa: A Comissão de Assuntos Sociais aprovou a indicação de Alex Machado Campos para o cargo de diretor da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A Mensagem 56/2020, aprovada por 16 votos a 1, segue para votação em Plenário.
Ver todas ›