Diplomata Eduardo Gradilone Neto é aprovado para a embaixada na Eslováquia

Carlos Penna Brescianini | 30/10/2019, 18h19

O diplomata Eduardo Ricardo Gradilone Neto foi aprovado pelo Senado para o cargo de embaixador do Brasil na Eslováquia, obtendo com 43 votos favoráveis, 3 votos contrários e 3 abstenções entre os senadores.

O diplomata é formado em Jornalismo pela FAAP de São Paulo (1974) e em Direito pela USP (1974), tendo se formado pelo Itamaraty no curso público para diplomatas do Instituto Rio Branco em 1978. E em 1983 completou seu mestrado também pela Faculdade de Direito da USP. Gradilone já chefiou a representação brasileira na Nova Zelândia (2012-2016) e na Turquia (2016 até o momento).

Sua missão será representar os interesses do governo brasileiros e dos brasileiros junto ao governo da Eslováquia, país de 4,5 milhões de habitantes e que mantém uma média anual de 100 a 150 milhões de euros em comércio bilateral.

O Brasil tem exportado produtos primários agropecuários e máquinas para a Eslováquia e importado automóveis e cristais. Só os automóveis das fábricas da Kia, Citroen, Land Rover e Volkswagen correspondem a 70% das vendas eslovacas ao Brasil.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

MAIS NOTÍCIAS SOBRE:
Comércio Itamaraty Nova Zelândia USP