Romário defende nova administração para o Estádio Maracanã

Da Rádio Senado | 14/08/2019, 17h04

O senador Romário (Podemos-RJ) criticou nesta quarta-feira (14), em Plenário, a administração do estádio Maracanã. Para o parlamentar, o local, que é reconhecido como o maior símbolo do futebol brasileiro, tem sido tratado com descaso e sofrido prejuízos milionários.

A concessionária do Maracanã, segundo Romário, ficou em débito de R$ 38 milhões com o governo estadual em março. Para o senador, é preciso averiguar os motivos que levaram a esse problema. Para a valorização do estádio, ele defendeu uma parceria público-privada.

— É preciso responsabilizar quem deu causa a tais prejuízos e estabelecerem a verdadeira e transparente parceria pública-privada, que promovam uma gestão eficaz e profissional do equipamento esportivo mais famoso do nosso país — disse.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Senado Agora
17h05 Embaixador no Chipre: Por 51 votos a favor, 3 contra e 2 abstenções, o Plenário aprovou a indicação do diplomata Eduardo Augusto Ibiapina de Seixas para o cargo de embaixador do Brasil no Chipre (MSF 48/2019).
15h37 Balanços em jornais: A comissão mista rejeitou a MP 892/2019, que dispensa publicações empresariais obrigatórias em jornais.
14h12 Escolas públicas : A Comissão de Educação aprovou o Projeto de Lei 5.288/2019 que estabelece condições mínimas para escolas de educação básica pública. A matéria segue para a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).
Ver todas ›