CRA aprova incluir depreciação no cálculo do preço de produtos agropecuários

Da Redação | 10/07/2019, 16h29

A Comissão de Agricultura (CRA) aprovou nesta quarta-feira (10) o PL 1.284/2019, do senador Luis Carlos Heinze (PP-RS), que inclui a depreciação de equipamentos e máquinas no cálculo dos preços mínimos de produtos agropecuários. O texto aprovado na CRA é um substitutivo apresentado pelo relator, senador Jayme Campos (DEM-MT). O texto precisa ser votado em turno suplementar, antes de seguir para a Câmara dos Deputados.

O projeto propõe novas regras para a definição de preços mínimos de produtos agropecuários. Na avaliação de Heinze, os diversos parâmetros utilizados hoje para definir esses valores que servem de base para o mercado não garantem a cobertura integral dos custos de produção, em especial aqueles relativos à depreciação de máquinas e equipamentos usados na produção. No médio e no longo prazo, essa defasagem, bem como a necessidade de novos investimentos, pode tirar muitos produtores do mercado e contribuir para o endividamento no campo.

O texto prevê também que as propostas de novos preços mínimos sejam debatidas com as principais entidades representativas do setor produtivo com antecedência mínima de 30 dias de sua publicação. Jayme Campos entende que a participação de representantes do setor agrícola no debate técnico para definição de preços mínimos será decisiva para garantir uma melhor remuneração para os produtores rurais.

— Muita gente acha que a composição do plantio, do custo, é o adubo, o calcário, a semente. Não. Você tem que colocar também a depreciação do equipamento mecânico que você tem: trator, pneu, grade, colhedeira, etc — explicou.

O relator propôs modificações ao projeto original. Segundo o substitutivo de Jayme Campos, os preços mínimos de produtos agropecuários serão definidos pelo Conselho Monetário Nacional em valor não inferior ao custo operacional de produção, calculado pelo somatório dos custos variáveis com as taxas anuais de depreciação de máquinas, equipamentos e benfeitorias, segundo critérios definidos pela Receita Federal.

Da Rádio Senado.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Senado Agora
18h44 Indicação para o CNJ: Senado aprova indicação da juíza Candice Lavocat Galvão Jobim para compor o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), no biênio 2019/2021.
18h30 Diretor da Anvisa: Senadores aprovam em Plenário a indicação do médico Antonio Barra Torres para diretor da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa)
17h00 Diretor da Anvisa: A Comissão de Assuntos Sociais (CAS) aprovou, por unanimidade, o nome de Antonio Barra Torres para exercer cargo de diretor da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A indicação vai a votação em Plenário.
Ver todas ›