Veneziano Vital do Rêgo e Daniella Ribeiro são eleitos pela Paraíba

Da Redação | 07/10/2018, 22h19 - ATUALIZADO EM 08/10/2018, 10h25

Selo_Eleições_2018

A Paraíba renovará sua bancada no Senado com dois estreantes assumindo mandatos em 2019. Veneziano Vital do Rêgo (PSB), com 844,7 mil votos (24,63%), e Daniella Ribeiro (PP), com 831,7 mil votos (24,25%), conquistaram as duas vagas para representar o estado. O senador Cássio Cunha Lima (PSDB), atual primeiro vice-presidente da Casa, não conseguiu a reeleição, ficando em terceiro lugar.

Veneziano Vital do Rêgo Segundo Neto nasceu em 17 de julho de 1970, em Campina Grande (PB). É filho da ex-deputada federal Nilda Gondim e do ex-deputado federal Antônio Vital do Rêgo (já falecido), sendo irmão do ex-senador e atual ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) Vital do Rêgo Filho. Ele é advogado de formação. Em 1996 e 2000 foi eleito vereador em Campina Grande (PB), e em seguida prefeito, em 2004 e 2008. Em 2014, tornou-se deputado federal. Na Câmara, foi membro titular das comissões de Constituição e Justiça, de Turismo e de Ciência e Tecnologia.

Os suplentes de Veneziano serão João Teodoro (DEM), presidente do Conselho Federal de Corretores de Imóveis (Cofeci), e Suely Santiago (PTB), esposa do ex-senador Wilson Santiago.

Daniella Ribeiro

Daniella Velloso Borges Ribeiro nasceu no dia 26 de março de 1972, também em Campina Grande (PB), e é deputada estadual. Ela é de família tradicional na política: seu pai, Enivaldo Ribeiro, foi prefeito e deputado federal; sua mãe, Virgínia Velloso Borges, foi prefeita de Pilar (PB) e é superintendente da Fundação Nacional de Saúde (Funasa); e seu irmão, Aguinaldo, é deputado federal e líder do governo na Câmara. Danielle é formada em Pedagogia, com pós-graduação em Relações Internacionais, e foi professora. Em 2008, elegeu-se vereadora em sua cidade natal, e está no segundo mandato de deputada estadual.

Daniella terá como suplentes Diego Tavares (PV), ex-secretário de Trabalho de João Pessoa (PB), e a pedagoga Nailde Panta (PP).

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)