Mato Grosso do Sul elege Nelsinho Trad e Soraya Thronicke

Da Redação | 07/10/2018, 21h21 - ATUALIZADO EM 07/10/2018, 21h49

Selo_Eleições_2018A bancada de Mato Grosso do Sul no Senado será composta por dois novatos na Casa. Um deles, Nelsinho Trad (PTB), é estreante no Congresso Nacional. Ele obteve 424.085 (18.37%) dos votos. Já Soraya Thronicke (PSL) foi eleita com 373.712 (16.19%) dos votos e ocupará um cargo público pela primeira vez.

Nelson Trad Filho nasceu em 1961 e é natural da capital do estado, Campo Grande. Médico, tem especialização em cirurgia geral, urologia, medicina do trabalho e saúde pública. Na vida política, foi eleito vereador de Campo Grande em 1992 e reeleito duas vezes.  Pelo PTB, em 2002, foi o deputado estadual eleito mais votado. No ano de 2004, elegeu-se prefeito de Campo Grande e conquistou a reeleição em 2008. Hoje é presidente regional do PTB em Mato Grosso do Sul.

Os suplentes de Nelsinho Trad são o empresário José Chagas (DEM) e a doutora em educação Professora Bazé (DEM).

Soraya Vieira Thronicke, 45 anos, é natural de Dourados (MS) e advogada. Atua nos ramos do direito empresarial e da família e patrocina casos pro bono em outras áreas. Também é empresária e preside um instituto de promoção de cursos e gestão de bolsas de estudo em empreendedorismo e democracia.

Os suplentes dela são Rodolfo Nogueira (PSL) e Danny Fabricio (PSL).

O atual senador Waldemir Moka (MDB) ficou em terceiro lugar e não conseguiu se reeleger. Pedro Chaves (PRB) encerra o mandato em 31 de janeiro de 2019 e não disputou eleição neste ano para nenhum cargo.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)