Conheça os candidatos ao Senado pelo Paraná

Da Redação | 02/10/2018, 20h19 - ATUALIZADO EM 06/10/2018, 16h51

PARANÁ - PR

Alex Canziani (PTB)

1º suplente: Leonardo de Mattos Leão (PTB)
2º suplente: Walter Petruzziello (DEM)

Natural de Londrina (PR), Alex Canziani Silveira tem 54 anos. Formado em Direito pela Universidade Estadual de Londrina, está no quinto mandato de deputado federal, tendo sido eleito pela primeira vez em 1998. Também foi vereador por dois mandatos, entre 1989 e 1996, e vice-prefeito de sua cidade natal. Foi secretário estadual de Emprego e Relações do Trabalho durante o governo de Jaime Lerner, em 1999.

Beto Richa (PSDB)

1º suplente: Nelson Padovani (PSDB)
2º suplente: Maria Iraclesia (PSDB)


Carlos Alberto Richa nasceu em Londrina e tem 53 anos. Filho do ex-governador José Richa, exerceu dois mandatos de deputado estadual (1995–1998 e 1998–2000), dois de prefeito de Curitiba (2004–2007 e 2008–2010) e dois de governador do Paraná (2011-2014 e 2015-2018). Beto Richa renunciou ao Palácio Iguaçu em abril de 2018 para concorrer à vaga ao Senado. Richa é formado em engenharia civil. Antes de ingressar no PSDB, passou pelo PTB e pelo PFL [hoje DEM].

Compadre Luiz Adão (DC)

1º suplente: Luzia Noriler (DC)
2º suplente: Osmar Galvão (DC)

Luiz Adão Marques, 55 anos, natural de Caçador (SC). Advogado há 25 anos, em 2002 se candidatou ao cargo de deputado estadual no Paraná pelo PRTB. É presidente do DC desde 2003. Em 2004, foi candidato a vice-prefeito de Curitiba. Se candidatou ao Governo do Paraná em 2006 e a deputado federal em 2010 e 2014. Não foi eleito em nenhum deles.

Flávio Arns (Rede)

1º suplente: Vilson Basso (Rede)
2º suplente: Flavio Vicente (Rede)

Flávio José Arns nasceu em Curitiba e tem 67 anos. É formado em Letras pela PUC-PR e em Direito pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), onde também fez mestrado. É PhD em Linguística pela Universidade Northwestern (EUA), especializando em comportamento e linguagem. Foi senador entre 2003 e 2011, quando foi eleito vice-governador. Também foi deputado federal entre 1991 e 2003. Foi presidente da Federação Nacional das Apaes, voltadas para educar crianças portadoras de deficiência. Integrou o PSDB e o PT, tendo ingressado na Rede em 2017.

Gilson Mezarobba (PCO)

1º suplente: José Carlos Teles (PCO)
2º suplente: Antonio Guariza (PCO)

Gilson Mezarobba, 49 anos, é natural de Jacutinga (RS). Professor universitário e da rede pública de ensino em Pitanga, na região central do Paraná, desde 2003, o candidato é formado em Filosofia, mestre em Ciências Sociais e doutor em Educação. Mezarobba já atuou na direção do núcleo da APP Sindicato de Guarapuava e foi dirigente do PT. Disputa a primeira eleição.

Jacque Parmigiani (Psol)

1º suplente: Professor José Odenir (Psol)
2º suplente: Sergio Ferreira de Souza (Psol)

Jacqueline Parmigini, 49 anos, é natural de São Paulo. É antropóloga formada pela USP. Atualmente é professora de de Ciências Sociais na Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste). Participou de movimentos estudantis, sendo ativista em favor dos indígenas, das mulheres e de minorias. Disputou uma eleição para prefeita de Toledo em 2016, mas não obteve sucesso.

Mirian Gonçalves (PT)

1º suplente: Xixo (PT)
2º suplente: Joãozinho Santana (PT)

Mirian Aparecida Gonçalves, 57 anos, nasceu em Tupi Paulista (SP). É advogada e assessora entidades sindicais. É sócia de um escritório de direito trabalhista em Curitiba. Participou da fundação do Partido dos Trabalhadores (PT) e da Central Única dos Trabalhadores (CUT) no Paraná. Especializou-se em Direitos Humanos em Huelva, na Espanha, e é mestre em Direitos das Relações Sociais na UFPR. Foi o de vice-prefeita de Curitiba entre 2013 e 2016, na gestão Gustavo Fruet (PDT).

Nelton (PDT)

1º suplente: Tito Zeglin (PDT)
2º suplente: Laurentino Borsa (PDT)

Nelton Miguel Friedrich tem 71 anos e nasceu em Toledo (PR). Formou-se em Direito pela PUC em 1972. No ano seguinte ingressou no MDB. Elegeu-se deputado estadual em 1978. Na sequência, conquistou uma cadeira na Câmara dos Deputados, da qual se licenciou para ser secretário no Interior no governo de José Richa. Foi um dos 512 deputados federais constituintes. Ajudou a fundar o PSDB. Já nos anos 2000, foi diretor de Coordenação e Meio Ambiente da Itaipu.

Professor Oriovisto Guimarães (Pode)

1º suplente: Paulo Salamuni (PV)
2º suplente: Plinio Destro (PSC)

Oriovisto Guimarães, 73 anos, é natural de Batatais (SP). Empresário, foi um dos fundadores, em 1972, do Curso Positivo, que teve muito sucesso em Curitiba e se tornou um conglomerado na área de Educação. É ex-presidente do Grupo Positivo e ex-reitor da Universidade Positivo. Quando jovem, participou de movimentos estudantis. Apesar de ter sido filiado ao PSDB por mais de dez anos, nunca havia disputado uma eleição ou ocupado cargo público.

Requião (MDB)

1º suplente: Luiz Fernando Ferreira Delazari (MDB)
2º suplente: aposentada Irondi Pugliesi (MDB)

Nascido em Curitiba, Roberto Requião de Mello e Silva tem 77 anos e disputa o terceiro mandato como senador, sempre filiado no PMDB (hoje MDB). Formado em Direito e Jornalismo, ele tem pós-graduação em urbanismo. Na vida pública desde 1983, Requião já foi deputado estadual (1983-1985), prefeito de Curitiba (1986-1989) e governador do Paraná por três vezes (1991–1994, 2003–2006 e 2007–2010). Crítico do governo Temer, chegou a se apresentar como pré-candidato à Presidência da República pelo seu partido.

Rodrigo Reis (PRTB)

1º suplente: Rafaela de Aguirra Pilagallo (PRTB)
2º suplente: José Adão Monteiro (PRTB)

Rodrigo Braga Cortes Fialho dos Reis, 44 anos, natural de Curitiba. Participou de programas de rádio e TV voltados aos direitos do cidadão e ao atendimento jurídico a pessoas de baixa renda. Atualmente atua como advogado e líder de movimentos sociais. Coordenou um dos diversos grupos a favor do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, em 2016.

Rodrigo Tomazini (Psol)

1º suplente: Augusto Lima (Psol)
2º suplente: Liliana Aristides (Psol)

Rodrigo Tomazini Dias, 40 anos, é natural de Botucatu (SP) e servidor público estadual, atuante da na Secretaria de Educação do Paraná. Foi militante do movimento estudantil e foi dirigente da central sindical Conlutas no estado. Foi candidato a governador em 2014 e a deputado estadual em 2010, mas não se elegeu.

Roselaine Barroso Ferreira (Patri)

1º suplente: Maria Izabel Mendes (Patri)
2º suplente: Helena Souza Costa (Patri)

Roselaine Barroso Ferreira tem 35 anos. Nasceu na cidade de Sertãozinho (SP), mas vive em Paranaguá (PR). Advogada e contabilista, atua na área de direito previdenciário e tem como mote de sua campanha a extinção do Senado Federal.

Zé Boni (PRTB)

1º suplente: Geonisio Marinho Jr (PRTB)
2º suplente: Jauri Prestes (PRTB)

José Maria Boni, 41 anos, é natural de Loanda (PR). Foi eleito vereador em Santa Cruz de Monte Castelo, no noroeste do Paraná, aos 18 anos, em 1996. Exerceu quatro mandatos consecutivos na Câmara da cidade. No governo Beto Richa (PSDB), atuou na Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar) durante seis anos e na Casa Civil. O último cargo público que ocupou foi na Corregedoria da Assembleia Legislativa.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)