Regina Sousa critica Moro por impedir habeas corpus em favor de Lula

Da Redação e Da Rádio Senado | 11/07/2018, 17h50 - ATUALIZADO EM 11/07/2018, 21h11

A senadora Regina Sousa (PT-PI) afirmou nesta quarta-feira (11) em Plenário que o ódio ao ex-presidente Lula e ao PT tem cegado as pessoas. Ela comentou o episódio envolvendo o pedido de habeas corpus em favor de Lula, no último fim de semana. Lula está preso em Curitiba após ser condenado pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. No domingo, chegou a ter um habeas corpus concedido pelo desembargador Rogerio Favreto, que estava de plantão, mas continuou preso.

Para ela, ao questionar a decisão de Favreto, encaminhando o questionamento ao presidente do TRF4, o juiz federal Sérgio Moro, que estava de férias, chamou para si o comando do tribunal e da polícia federal e quebrou a hierarquia do Judiciário.

— Moro é juiz de primeira instância. Favreto é desembargador, queiram ou não. A contestação deveria seguir o rito processual normal, lá no tribunal. Moro não tem mais nada a ver com esse processo. Agora parece que todo mundo tem uma veneração cega, misturada com um medo de contestar o Moro (...). Parece que só ele dá dignidade ao Judiciário, parece que só ele dá qualidade ao Judiciário. Que isso?! — questionou a senadora.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Senado Agora
12h54 Bens do terrorismo: Em reunião conjunta, as comissões de Constituição, Justiça e Cidadania e de Relações Exteriores e Defesa Nacional aprovaram o PL 703/2019 sobre o bloqueio de bens de pessoas acusadas de terrorismo.
11h28 Fundos orçamentários: A Comissão de Constituição e Justiça aprovou a Consulta 1/2017, que analisa se senador ou deputado federal pode apresentar projeto de lei para criação de fundo orçamentário. Matéria segue para a Comissão de Assuntos Econômicos.
11h14 Ministra da Agricultura: Comissão de Agricultura e Reforma Agrária aprovou requerimento convidando a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, para apresentar ao colegiado as diretrizes da pasta para os próximos anos.
Ver todas ›