Comissão aprova reforço à prevenção do diabetes

Da Redação | 04/07/2018, 15h52 - ATUALIZADO EM 04/07/2018, 23h53

A Comissão de Assuntos Sociais (CAS) aprovou nesta quarta-feira (4) o projeto de lei (PLC 133/2017), que institui a Política Nacional de Prevenção do Diabetes e de Assistência Integral à Saúde da Pessoa Diabética, com foco em campanhas de conscientização sobre a importância do controle do diabetes mellitus. O texto segue com urgência para o Plenário.

O diabetes mellitus é uma doença crônica, caracterizada pelo excesso de açúcar no sangue, devido à atuação ineficaz da insulina, que é o hormônio responsável por baixar a glicemia no organismo. Pesquisa do Ministério da Saúde evidenciou que, entre 2006 e 2016, a prevalência da doença aumentou em 61,8%, passando de 5,5% para 8,9% dos entrevistados. Além disso, segundo dados do SUS, em 2016, aproximadamente 61 mil pacientes morreram em razão da doença.

De acordo com o autor do projeto, deputado Raimundo Gomes de Matos (PSDB-CE), além de contribuir para a prevenção da doença, o projeto ajudará a conscientizar a população sobre a sua gravidade e sobre os benefícios do seu controle clínico.

O relator, Ronaldo Caiado (DEM-GO) concordou e recomendou a aprovação do texto:

"Apesar de sua potencial gravidade, sabe-se que o efetivo controle glicêmico é capaz de evitar que surjam as principais complicações agudas e crônicas da doença, a saber: hipoglicemia, cetoacidose, insuficiência renal crônica, cegueira, insuficiência vascular periférica, amputações de membros inferiores, infarto do agudo do miocárdio e acidente vascular cerebral, apontou o senador em seu relatório.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)