Senado terá palestra sobre atuação de psicanalista e fisioterapeuta com bebês

Da Redação | 22/06/2018, 17h10 - ATUALIZADO EM 27/06/2018, 11h45

Clínica com o bebê: o olhar do psicanalista e do fisioterapeuta é o tema da palestra que a Comissão de Valorização da Primeira Infância e Cultura da Paz do Senado realizará na próxima quinta-feira (28) com a psicanalista Inês Catão e com a fisioterapeuta Maria Vannina. O debate, que começará às 15h no Auditório do Interlegis, será mediado pelo pediatra e neonatologista Laurista Corrêa Filho.

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas pelo e-mail primeirainfancia@senado.leg.br. Outras informações podem ser obtidas pelos telefones 61 3303-3423 e 3303-3430 e no perfil da Comissão no Facebook. A palestra é destinada especialmente a profissionais das áreas de educação, saúde e desenvolvimento social, pais e cuidadores em instituições de acolhimento, além de legisladores, gestores públicos e privados, professores, estudantes e membros de organizações da sociedade civil.

Segundo os organizadores, por muitos séculos os bebês foram vistos como incapazes de experimentar sentimentos humanos antes de adquirirem a fala. Estudos realizados por psicanalistas contribuíram para a mudança dessa noção, a exemplo do trabalho de Sigmund Freud (1856-1939), que em 1925 detalhou a vida mental da criança em Três ensaios sobre a Teoria da Sexualidade. No ano seguinte, em Inibição, Sintomas e Angústia, ele mostrou que fetos e bebês têm vida psíquica. Entre 1970 e 1990, a visão sobre o comportamento dos bebês mudou ainda mais, e eles passaram a ser vistos como humanos inteiros, com sentimentos, emoções e capacidade de ouvir e de serem tranquilizados ou angustiados.

Na palestra, as duas profissionais falarão sobre suas práticas clínicas com bebês e mostrarão como a psicanálise e a fisioterapia multiplicam as possibilidades uma da outra.

Inês Catão é também psiquiatra infantil e pós-doutora em psicologia clínica e patológica pela Universidade de Nice Sofia-Antipolis (França). Ela coordena a Equipe de Psiquiatria do Hospital da Criança de Brasília e é autora do livro O bebê nasce pela boca: voz, sujeito e clínica do autismo. Maria Vannina Simões é fisioterapeuta da equipe de atendimento a prematuros do Hospital Regional de Taguatinga (DF). O mediador, Laurista Corrêa Filho, além de pediatra e neonatologista, especializou-se em saúde da mulher e da criança pela Sorbonne – Universidade Paris V.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

MAIS NOTÍCIAS SOBRE:
Autismo Infância Saúde

Senado Agora
19h41 Rádios comunitárias: Plenário do Senado aprovou projeto (PLS 513/2017) que aumenta a potência de transmissão e o número de canais disponíveis para rádios comunitárias. O projeto segue para a Câmara.
19h14 Readmissão de empresas no Simples: Plenário do Senado aprovou projeto (PLC 76/2018) que permite a empresas excluídas do Supersimples em janeiro de 2018 retornarem ao regime de tributação.
18h17 Imposto sobre refrigerantes: Plenário do Senado aprovou projeto (PDS 57/2018) sustando decreto que havia reduzido o IPI dos extratos concentrados de refrigerantes de 20% para 4%. Projeto segue para a Câmara.
Ver todas ›