Ministro da fazenda vai à CAE para debater política de preços dos combustíveis

Carlos Penna Brescianini | 28/05/2018, 20h49 - ATUALIZADO EM 28/05/2018, 20h52

A política de preços dos combustíveis é o tema de duas audiências públicas que a Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) realiza nesta terça-feira (29), a partir das 10h.  O primeiro debate será com o ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, e foi requerida pelos senadores Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), Jorge Viana (PT-AC), Paulo Rocha (PT-PA), Armando Monteiro (PTB-PE), Wellington Fagundes (PR-MT) e Rodrigues Palma (PP-MT).

Na segunda audiência pública, realizada em seguida, será ouvido o especialista em infraestrutura Adriano Pires, requerida pelo senador Tasso Jereissati (PSDB-CE). Para acomodar a agenda, foi adiada a reunião deliberativa da CAE que ocorreria nesta terça-feira, com 17 itens em votação.

Crise dos combustíveis

A greve dos caminhoneiros, que tem provocado uma crise de desabastecimento, levou os senadores a buscar mais informações sobre os elementos que contribuem para a formação dos preços do transporte de carga rodoviária. Além do óleo diesel, da gasolina e do álcool etílico, há as questões do preço dos pedágios, do valor mínimo dos fretes, o percentual de impostos e a chamada "margem de lucro" da Petrobras.

A política de preços da estatal já levou o vice-presidente do Senado, senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB), nesta segunda-feira, a defender a demissão do presidente da Petrobras, Pedro Parente. Para Cassio, essa política é a responsável pela crise no país.

COMO ACOMPANHAR E PARTICIPAR

Participe:
http://bit.ly/audienciainterativa
Portal e-Cidadania:
www.senado.gov.br/ecidadania
Alô Senado (0800-612211)

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)