Humberto Costa cobra solução para greve dos caminhoneiros

Da Redação | 23/05/2018, 17h03 - ATUALIZADO EM 23/05/2018, 17h28

De acordo com o senador Humberto Costa (PT-PE), a paralisação dos caminhoneiros faz o Brasil viver dias de caos sem precedentes nos últimos anos. Ele disse que a situação é “de terror”, expondo o povo à ameaça do desabastecimento, e avaliou que a crise decorre da política econômica do governo para o setor de combustíveis.

Humberto alertou que os aumentos nos derivados de petróleo tornam inviável a vida do povo e revelam a falta de uma política de Estado para intervenção no domínio econômico. Ele disse que o presidente Michel Temer deve parar de “fazer campanha eleitoral para amigos” e cobrou a redução “de maneira sensível” do preço dos combustíveis como forma de restaurar a normalidade no abastecimento no país.

— Diante de toda essa crise aguda, o governo segue inerte. Os preços estão disparados e não há negociação em curso para pôr fim ao movimento dos caminhoneiros. Estamos rumando para o precipício, diante da inação desse bando de incompetentes.

Ainda segundo o parlamentar, durante os treze anos dos governos do PT os combustíveis subiram pouco mais de 40%, enquanto que, desde o impeachment de Dilma Rousseff, o reajuste foi maior que 50%.

O senador também saudou o esforço da oposição e dos trabalhadores contra a privatização da Eletrobras, medida que, segundo ele, resultaria em aumento no custo da energia para a população.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)