Sandoval lamenta aumento dos casos de bullying em São Paulo

Da Redação e Da Rádio Senado | 23/04/2018, 15h16 - ATUALIZADO EM 23/04/2018, 15h28

O senador Airton Sandoval (PMDB-SP) lamentou que as escolas públicas estaduais de São Paulo tenham registrado 484 casos de bullying em 2016 e 564 no ano passado. De acordo com o senador, os números representam os registros de ocorrências escolares, em que o aluno denuncia as humilhações sofridas por colegas e pede ajuda à direção da escola.

Segundo Sandoval, no ano passado mais de 52 mil profissionais foram qualificados para lidar com a violência nas escolas de São Paulo. Além disso, uma cartilha educativa sobre o problema foi lançada em 2016.

O senador destacou a aprovação pelo Senado, na terça-feira (17), do projeto que reforça a lei de combate ao bullying e inclui entre as atribuições das escolas a promoção da cultura da paz e adoção de medidas de conscientização, prevenção e combate a todo tipo de violência (PLC 171/2017).

— Esse monstro que tem se insurgido sobre crianças e adolescentes precisa ser atacado e extirpado da sociedade — afirmou o senador.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)