Senado aprova indicação de novo representante do Brasil na OEA

Da Redação | 10/04/2018, 18h44 - ATUALIZADO EM 12/04/2018, 16h31

O Senado aprovou nesta terça-feira (10) a indicação (MSF 9/2018) do diplomata Fernando Simas Magalhães para o cargo de representante permanente do Brasil junto à Organização dos Estados Americanos (OEA), cuja sede fica em Washington, capital dos Estados Unidos. O nome do diplomata recebeu 55 votos favoráveis, dois contrários e uma abstenção.

Brasileiro nascido no México, Magalhães ingressou na carreira diplomática em 1979 e, desde então, ocupou, entre outros postos, o de ministro-conselheiro e encarregado de negócios da Embaixada do Brasil em Madri e o de ministro-conselheiro e encarregado de negócios junto à Organização dos Estados Americanos (OEA).

Ao ser sabatinado pela Comissão de Relações Exteriores (CRE) no último dia 5, Fernando Magalhães falou aos senadores sobre as ações da OEA em relação à crise na Venezuela. O diplomata reforçou que a OEA não vem se omitindo em relação à crise política, econômica e social por que passa a Venezuela. Ele citou a criação do Grupo de Lima, que fez avançar os debates sobre a condição política e de respeito aos direitos humanos naquele país dentro da OEA, e considerou positivo que o Grupo defenda que governo e oposição busquem uma saída negociada para a superação da crise.

Magalhães relatou também que a OEA vem atuando efetivamente junto à ONU, à Colômbia e ao Brasil no atendimento aos migrantes venezuelanos que tem buscado estes dois países.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)