Humberto Costa critica intervenção federal no Rio de Janeiro

Da Redação | 20/03/2018, 15h31 - ATUALIZADO EM 20/03/2018, 19h50

O senador Humberto Costa (PT-PE) criticou em Plenário a intervenção federal no Rio de Janeiro, a destinação de R$ 1  bilhão para o recém-criado Ministério da Segurança Pública e a ausência de ações do governo contra a criminalidade nos demais estados e no Distrito Federal.

Ao dizer que não desmerece a insegurança que o Rio vivencia, Humberto Costa questionou por que as demais unidades da Federação não merecem a mesma atenção.

Além de informar que a liberação da verba ainda não foi aprovada pelo Congresso, o senador disse que o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, que é carioca e pré-candidato à Presidência da República, ainda pretende aumentar o valor dos recursos anunciados pelo presidente Michel Temer.

— É um privilégio ao Rio e uma discriminação com o resto do país. É um custo altíssimo que o Brasil está pagando para manter uma intervenção inventada pelo governo, cuja única finalidade é buscar a popularidade para as eleições — protestou.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

MAIS NOTÍCIAS SOBRE:
Pronunciamento PT Senador Humberto Costa