Nova Veneza, em Santa Catarina, pode se tornar capital da gastronomia italiana

Da Redação | 20/03/2018, 13h41 - ATUALIZADO EM 20/03/2018, 13h47

O município de Nova Veneza, em Santa Catarina, pode ganhar o título de Capital Nacional da Gastronomia Típica Italiana. É o que estabelece o Projeto de Lei da Câmara (PLC) 123/2017,  aprovado na Comissão de Educação (CE) nesta terça-feira (20). O texto segue para o Plenário.

A autora, deputada federal Geovania de Sá (PSDB-SC), argumenta que, com mais de 95% da população descendendo de italianos, Nova Veneza pode ser considerada um pedaço da Itália no estado de Santa Catarina.

O relator substituto do projeto, senador Dário Berger (PSDB-SC), mencionou que desde 2004 a cidade promove a Festa da Gastronomia Típica Italiana, em que durante três dias há shows, desfiles, atividades folclóricas e comidas típicas, além do Carnevale di Venezia, que simula o carnaval veneziano e é a única comemoração no estilo feita fora da Itália.

Isso tem atraído turistas – foram mais de 200 mil no último evento – e os restaurantes de Nova Veneza passaram a assumir importância gastronômica nacional, servindo diariamente cerca de dez mil pratos. A concessão do título seria uma justa homenagem, defendeu Berger.

Audiências públicas

Os senadores aprovaram também requerimentos de audiência pública para instruir a análise do PLC 158/2017, que permite a criação de fundo patrimonial nas instituições federais de ensino superior, assim como o PLC 4/2017, que “Institui a Semana Nacional da Agricultura Familiar".

Outra audiência vai debater a reprovação e a evasão em escolas públicas da educação básica. Também será tema de debate a descontinuidade do Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica (Parfor), os chamados “professores  leigos”, especialmente em sua modalidade presencial.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)