Senado deve prosseguir na votação de projetos da pauta feminina, diz Eunício

Da Redação | 13/03/2018, 12h34 - ATUALIZADO EM 13/03/2018, 15h24

O Senado Federal deve dar prosseguimento à pauta feminina, votando outros projetos de interesse de gênero nos próximos dias. Foi o que informou o presidente do Senado, Eunício Oliveira, em entrevista concedida ao chegar a Casa, nesta terça-feira (13).

- Vamos definir a pauta [do Plenário]. Tem o resquício da pauta da semana passada, uma semana dedicada às mulheres. Votamos alguns projetos, a Câmara [dos Deputados] votou outros. Vou ver se tem pedido de urgência para algum desses. Temos aquele projeto da juventude, da morte de jovens [PLS 240/2016]. Vamos discutir com os líderes, evitando a pauta corporativa – afirmou.

O presidente reforçou que as agendas da segurança pública e da microeconomia deverão continuar sendo prioritárias, e informou que o projeto que trata da unificação do Sistema de Segurança Pública do país (PL 3734/2012, na Câmara) receberá urgência de tramitação tão logo chegue ao Senado. O texto aguarda a finalização pelo relator na Câmara, deputado Alberto Fraga (DEM-DF).

- Só combateremos o crime com investigação e inteligência verdadeira. Os julgamentos feitos não chegam a 8% dos crimes esclarecidos. Quem vai esclarecer mais é a inteligência integrada – disse.

Eunício informou ainda que haverá uma cerimônia em Fortaleza (CE), na próxima quinta-feira (15), para o lançamento do primeiro Centro de Inteligência da Polícia Federal do Brasil. A intenção do Ministério Extraordinário da Segurança Pública é lançar um em cada região brasileira, e o Ceará abrigará o da Região Nordeste.

- Os governadores todos do Nordeste assinaram um documento de concordância para que fosse lá, pelo Ceará ser estratégico para a passagem do tráfico de drogas e do tráfico de armas - explicou.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)