Rose de Freitas elogia Pronatec, mas pede aperfeiçoamento do programa

Da Redação | 27/02/2018, 21h50 - ATUALIZADO EM 27/02/2018, 21h52

Em discurso nesta terça-feira (27), a senadora Rose de Freitas (PMDB-ES) destacou o relatório do senador Roberto Muniz (PP-BA) sobre o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), criado em 2011. Desde então, disse a senadora, o país já gastou mais de R$ 38 bilhões com o programa, que segundo ela obteve bons resultados.

Rose de Freitas lembrou que o Pronatec foi avaliado pela Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) no ano passado, o que resultou em relatório de Roberto Muniz que apresenta um panorama completo sobre o programa e sugere vários aperfeiçoamentos.

"A primeira dessas questões que o Pronatec exemplifica muito bem é a gritante ausência de indicadores sólidos de desempenho, atrelados ao estabelecimento de um foco preciso e de uma pontaria certeira", leu Rose de Freitas.

Para a senadora, as ações do Pronatec precisam ser mais bem fiscalizadas e acompanhadas para que o programa continue melhorando na aplicação de recursos públicos. Ela afirmou que o Pronatec precisa ter melhor planejamento de suas ações.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)