Reguffe condena instituição de um fundo para financiamento de campanhas

Da Redação e Da Rádio Senado | 11/10/2017, 17h31 - ATUALIZADO EM 11/10/2017, 17h32

O senador Reguffe (sem partido-DF) classificou como absurda a aprovação de um fundo de R$ 1,7 bilhões para financiamento de campanhas eleitorais.

Regufe disse que é inaceitável destinar quase R$ 2 bilhões para financiar candidaturas quando o Brasil tem grandes necessidades em outras áreas. Ele também criticou o mecanismo de partilha dos recursos, que favorecem os grandes partidos no Congresso e contribuem para manter a atual correlação de forças políticas.

- Acho que foi um absurdo essa decisão do Parlamento, que vai contra o interesse da população, que quer ver os recursos públicos na saúde e na educação, e não com os partidos, financiando as campanhas eleitorais. Eu só queria que se tivesse essa criatividade toda para arrumar recursos para nós aumentarmos o orçamento da saúde - afirmou o senador.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)