Bancadas de deputados: Plenário confirma análise pelas comissões permanentes do Senado

Da Redação | 20/09/2017, 21h26 - ATUALIZADO EM 20/09/2017, 21h35

Sem quórum, não foi acolhido o requerimento do senador Flexa Ribeiro (PSDB-PA) pela urgência do projeto que altera o tamanho das bancadas dos estados na Câmara dos Deputados. No dia anterior, o Plenário já havia deliberado pela inclusão de duas novas comissões permanentes da tramitação do Projeto de Lei do Senado 315/2016 - Complementar, que, com base na proporcionalidade da população por estado, modifica a configuração da Câmara.

O projeto, do próprio Flexa Ribeiro, leva em consideração o crescimento populacional de alguns estados e a queda percentual de outros, conforme o levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2015. Flexa ressaltou a constitucionalidade da matéria e apontou o esforço do próprio Tribunal Superior Eleitoral no sentido de atualizar a proporção das bancadas. E reconheceu que, de fato, pelo texto sete estados terão suas bancadas reduzidas em alguns deputados.

O requerimento de Flexa teve a oposição dos senadores Cássio Cunha Lima (PSDB-PB), Ciro Nogueira (PP-PI) e Magno Malta (PR-ES).

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)