Para Eunício, Raquel Dodge promoverá igualdade perante a lei

Da Redação | 18/09/2017, 12h19 - ATUALIZADO EM 19/09/2017, 10h06

O presidente do Senado, Eunício Oliveira, participou na manhã desta segunda-feira (18) da cerimônia de posse de Raquel Dodge, primeira mulher a comandar a Procuradoria-Geral da República.

— Acho que ela [Raquel Dodge] disse exatamente aquilo que todos esperamos. Não tenho dúvida que a doutora Raquel fará o compromisso que fez aqui publicamente, de dizer que ninguém está abaixo ou acima da lei, nem o presidente da República, nem ninguém — afirmou Eunício.

A posse ocorreu na sede da PGR em Brasília. A nova procuradora-geral comandará o Ministério Público Federal (MPF) por dois anos. Ela substitui Rodrigo Janot, que estava no cargo desde setembro de 2013.

— Tenho convicção de que ela será dura, mas será extremamente democrática. Vamos viver um novo momento no Brasil e espero que esse momento seja de harmonia para a economia que começa a voltar a crescer — disse o presidente do Senado, que destacou ainda o discurso de Raquel sobre a importância de defender a harmonia entre os Três Poderes.

Além de Eunício, outras autoridades participaram da posse de Raquel Dodge, entre as quais o presidente da República, Michel Temer, a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, e o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

Com informações da Assessoria de Imprensa da Presidência do Senado Federal

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)