Lei que facilita acesso de professores à universidade é sancionada

Da Redação | 01/09/2017, 12h05 - ATUALIZADO EM 18/09/2017, 09h47

Lei que facilita o acesso de professores à universidade foi sancionada pelo presidente da República em exercício, Rodrigo Maia. A nova lei (13.478/2017) beneficia educadores das redes públicas municipais, estaduais e federal que ingressaram por concurso público; tenham pelo menos três anos de exercício da profissão e não sejam portadores de diploma de graduação.

Terão prioridade de ingresso nas faculdades e universidades os professores que optarem por cursos de licenciatura em matemática, física, química, biologia e língua portuguesa. As instituições de ensino responsáveis pela oferta de cursos de pedagogia e outras licenciaturas definirão critérios adicionais de seleção, sempre que necessário.

A nova legislação resultou do PLS 322/2008, do senador Cristovam Buarque (PPS-DF), aprovado na Câmara dos Deputados em 28 de junho passado, após seis anos e meio de tramitação naquela casa. Ao comentar a aprovação do texto na Câmara, Cristovam disse que a medida servirá de incentivo para que os professores continuem sua formação e também aprimorem a qualidade do ensino no país. O projeto foi aprovado no Senado em 13 de novembro de 2009.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Senado Agora
21h03 Desarmamento: Com 47 votos favoráveis e 28 contrários, Senado aprova PDL 233/2019, que susta o Decreto Presidencial 9.785, de 2019, de flexibilização das regras para a posse e porte de armas. O texto segue para análise da Câmara.
18h48 Desarmamento: Diante da intensa discussão sobre o decreto que flexibiliza regras para a posse e o porte de armas, presidente Davi Alcolumbre aumenta o tempo de discurso dos senadores de três para cinco minutos.
18h42 Desarmamento: Senadora Kátia Abreu (PDT-TO) inicia discussão do PDL que susta o decreto que flexibiliza regras para a posse e o porte de armas. Dez senadores contrários ao decreto e dez favoráveis falarão na tribuna por três minutos cada.
Ver todas ›