Senado aprova indicação para a embaixada do Brasil na Zâmbia

Da Redação | 07/06/2017, 17h46 - ATUALIZADO EM 07/06/2017, 20h00

O Senado aprovou nesta quarta-feira (7), por 46 votos a 2, a indicação de  Colbert Soares Pinto Junior para exercer o cargo de embaixador do Brasil na Zâmbia.

As relações diplomáticas entre os dois países foram formalmente estabelecidas seis anos após o país africano se tornar independente do Reino Unido, em 1970, com a criação da Embaixada do Brasil em Lusaca, cumulativa com a Embaixada em Nairóbi, no Quênia.

Colbert Soares Pinto Junior nasceu em Porto Alegre (RS), é graduado em História e ingressou na carreira diplomática em 1990. Entre as funções desempenhadas na Chancelaria destacam-se as de chefia na Divisão de Serviços Gerais, Subchefe do Gabinete do Ministro de Estado das Relações Exteriores e Chefe de Gabinete da Subsecretaria de Cooperação, Cultura e Promoção Comercial, cargo que ocupa até o momento.

Relação comercial

Os principais produtos exportados pelo Brasil para a Zâmbia em 2016 foram pneus, dumpers (veículos para transporte de mercadorias) e aparelhos para pulverizar fungicidas e inseticidas. A quase totalidade das importações corresponde a produtos de borracha vulcanizada e circuitos para aparelhos elétricos.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)