Comissão Senado do Futuro define agenda de debates para o ano

Da Redação | 26/04/2017, 13h04 - ATUALIZADO EM 26/04/2017, 17h48

A Comissão Senado do Futuro decidiu nesta quarta-feira (26) — ao aprovar requerimentos do presidente, senador Hélio José (PMDB-DF) — promover ciclos de debates sobre temas como democracia, energia renovável e políticas para a juventude brasileira. Além disso, os senadores vão avaliar o Programa Nacional de Combate à Desertificação e a Política Nacional de Combate à Desertificação e Mitigação dos Efeitos da Seca, com ênfase no estudo das ações, da legislação e dos recursos orçamentários que se aplicam aos biomas vulneráveis e às medidas para evitar que o futuro desses biomas seja o de se transformarem em desertos.

Crise hídrica

Ao longo do ano, os senadores vão debater os impactos das grandes enchentes nas cidades do país, o uso do carvão para geração de energia e a segurança das usinas nucleares.

Os senadores pretendem discutir ainda as políticas relacionadas ao futuro da democracia no país, que se orientem ao fortalecimento da participação direta da sociedade na formulação de leis, de políticas públicas e na administração das instituições públicas; o futuro das políticas voltadas ao desenvolvimento, à proteção e à garantia dos direitos da juventude brasileira, especialmente no que se refere à educação de qualidade, preservação da saúde e garantia de segurança e de vida e o futuro das capitais e cidades de porte médio afetadas pela crise hídrica ou por restrições crescentes no abastecimento de água potável, iniciando com o exemplo do Distrito Federal.

Outro tema que também será debatido na CSF é o futuro da comunicação social nas próximas décadas, notadamente no que se refere aos impactos das novas tecnologias e do mercado de radiodifusão sobre as rádios comunitárias e as formas de comunicação incorporadas ao contexto social e cultural das comunidades, em especial as áreas periféricas e vulneráveis, regiões quilombolas, de ribeirinhos e assentamentos rurais e analisar propostas para alterações legislativas necessárias para garantir o direito à comunicação e à liberdade de expressão.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)