Comissão de Orçamento adia eleição de presidente para o dia 26

Da Redação | 19/04/2017, 17h23 - ATUALIZADO EM 20/04/2017, 11h41

A Comissão Mista de Orçamento (CMO) adiou para 14h30 a próxima quarta-feira (26) a eleição do novo presidente do colegiado. A pedido do líder do PMDB, senador Romero Jucá (PMDB-RR), a reunião foi transferida para a semana que vem.

Inicialmente marcada para esta quarta, a sessão da comissão chegou a ser aberta pelo senador Antonio Carlos Valadares (PSB-SE), membro titular mais idoso da comissão. O senador destacou que o início dos trabalhos da comissão já está muito atrasado em relação aos anos anteriores.

Há alguns dias a liderança do PMDB chegou a indicar a senadora Rose de Freitas (PMDB-ES) como presidente do colegiado, mas acabou retirando as indicações do partido para composição da comissão.

Pelas regras de rodízio entre as duas casas do Congresso, neste ano a presidência da comissão cabe ao maior partido do Senado, que é o PMDB (22 senadores).

A CMO é composta de 42 titulares (31 deputados e 11 senadores), com igual número de suplentes. A distribuição das vagas segue o critério da proporcionalidade das bancadas partidárias. PMDB e PT têm os maiores números de integrantes.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Senado Agora
17h13 Aécio Neves: Eunício anuncia como se dará a votação do Ofício do STF: os votos SIM mantêm as medidas cautelares do Supremo contra Aécio. Os votos NÃO derrubam a decisão. Se nenhuma das opções alcançar 41 votos, a votação será repetida.
17h06 Aécio Neves: presidente Eunício Oliveira reabre a sessão deliberativa desta terça-feira. O primeiro item da pauta é o Ofício 70/2017, do STF, que trata do afastamento do senador Aécio Neves (PSDB-MG) do mandato.
16h34 Decisão STF: Presidente Eunício Oliveira anunciou há pouco que a votação sobre a decisão do STF de afastar o senador Aécio Neves (PSDB-MG) do mandato será aberta.
Ver todas ›