Senado aprova turno suplementar de projeto que cria Dia da Ikebana

Da Redação | 11/04/2017, 17h51 - ATUALIZADO EM 11/04/2017, 18h42

O Senado aprovou nesta terça-feira (11), em turno suplementar, o Projeto de Lei da Câmara 55/2008, que cria o Dia Nacional da Ikebana. A data, a ser celebrada em 23 de setembro, início da primavera, tem o objetivo de difundir e celebrar a cultura dos arranjos florais, como elementos de harmonização e embelezamento dos ambientes e da convivência.

A proposta, votada na última quinta-feira (30), precisou passar por votação em turno suplementar por ter sido aprovada na forma de substitutivo apresentado pela ex-senadora Fátima Cleide na Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE). O texto original, do atual presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), previa a data comemorativa como Dia Nacional da lkebana-Sanguetsu, um dos estilos da arte. A senadora, porém, ampliou a homenagem definindo o dia como da Ikebana.

A matéria retorna a análise da Câmara dos Deputados.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)