Jorge Viana destaca compromisso do Brasil com redução de gases de efeito estufa

Da Redação e Da Rádio Senado | 22/03/2017, 19h32 - ATUALIZADO EM 24/03/2017, 09h59

Eleito presidente da Comissão Mista Permanente sobre Mudanças Climáticas, o senador Jorge Viana (PT-AC) disse em Plenário nesta quarta-feira (22) ressaltou o compromisso do Brasil de reduzir em 43% a emissão de gases do efeito estufa até 2030 e em 37% até 2025.

Jorge Viana se declarou empolgado com o desafio de presidir a comissão mista. Ele lembrou que o IPCC, o Painel Intergovernamental para a Mudança de Clima, tem demonstrado que a Terra vive alterações climáticas resultantes da atividade humana, especialmente na emissão de carbono.

— Vou me dedicar para que o Senado, o Congresso, essa comissão mista possa sediar os debates mais elevados, mais objetivos, que visam trazer para todos nós, habitantes deste planeta, a esperança de um planeta mais sustentável ou sustentável — afirmou em Plenário.

Água

Jorge Viana fez ainda um alerta para a possibilidade de falta de água. Lembrou que Brasília vive um racionamento, com cortes em praticamente todo o Distrito Federal. Além disso, informou que a capital do país sediará em 2018 que vem o Fórum Mundial da Água. Trata-se do maior evento global sobre o tema e são esperados 30 mil representantes de mais de 100 países.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)