Ana Amélia pede votação de projeto que impede a limitação de mamografias

Da Redação e Da Rádio Senado | 05/10/2016, 16h08 - ATUALIZADO EM 05/10/2016, 21h04

A senadora Ana Amélia (PP-RS) pediu a aprovação do projeto (PDS 2/2014) em exame na Comissão de Constituição e Justiça  (CCJ) que suspende a portaria do Ministério da Saúde (Portaria nº 1.253/2013) com a prioridade para as mulheres entre 50 e 69 anos no exame de mamografia.

Ao apresentar a proposta, Ana Amélia argumentou que a limitação de idade é uma discriminação contra as mulheres mais novas. Para ela, todas têm idêntico direito ao exame mamográfico.

— Mulheres cada vez mais jovens estão tendo que se submeter à mastectomia. Então não é possível que se faça a mamografia após os 50 anos de idade e sim faça-se o quanto antes porque nós temos com a prevenção a possibilidade de curar muitas mulheres.

Além do pedido para a votação da proposta, Ana Amélia comemorou o fato de a Comissão de Constituição e Justiça da Câmara ter aprovado nesta quarta-feira (5) o projeto (PL 3595/2012) apresentado por ela que garante o acesso das mulheres com deficiência a equipamentos adequados na prevenção, diagnóstico e tratamento dos cânceres de mama e de colo de útero no Sistema Único de Saúde (SUS).

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)