Vanessa Grazziotin cumprimenta Renan pela 'sobriedade' na condução do processo de impeachment

Da Redação e Da Rádio Senado | 19/04/2016, 17h24 - ATUALIZADO EM 19/04/2016, 17h33

A senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) cumprimentou nesta terça-feira (19) o presidente do Senado, Renan Calheiros, por ter afirmado que nada poderá fazer nem para apressar nem para procrastinar o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff no Senado Federal.

Ela disse que isso é muito importante porque se trata do mandato de uma presidente da República, eleita democraticamente há pouco mais de um ano por 54 milhões de eleitores. E essa presidente, segundo a senadora, não cometeu qualquer crime.

— Então eu penso que essa sobriedade, a forma madura, a forma discreta e imparcial que vem adotando o presidente da Casa, senador Renan Calheiros, é muito importante. E me refiro a isso, lembrando o que aconteceu na Câmara dos Deputados, que foi completamente inverso do que acredito deva seguir essa casa. O deputado Eduardo cunha acatou o pedido no exato dia em que membros do PT comunicaram que votariam contra ele no Conselho de Ética.

Vanessa Grazziotin também citou jornais estrangeiros, como o New York Times, The Guardian, El País e a rede norte-americana CNN, que destacaram que o que está em curso no Brasil é uma tentativa de golpe.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)