Humberto Costa elogia distribuição gratuita de medicamentos contra hepatite C

Da Redação e Da Rádio Senado | 22/10/2015, 16h21 - ATUALIZADO EM 22/10/2015, 17h45

O líder do PT, senador Humberto Costa (PE), destacou hoje (22) a iniciativa do governo federal de distribuir três novos medicamentos usados no combate à hepatite C, aumentando as chances de cura em 90%  para cerca de 30 mil brasileiros que têm essa doença.

Dois desses remédios serão oferecidos a partir de novembro e o terceiro, em dezembro. Segundo Humberto, somente uma pílula de um desses medicamentos chega a custar R$ 4 mil, fazendo com que o tratamento total da doença chegue a R$ 330 mil.

O senador disse que, nos Estados Unidos, por exemplo, pessoas com hepatite C chegam a fazer empréstimos bancários para comprar esses medicamentos, mas, no Brasil, eles serão oferecidos gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

— E quando falamos aqui em distribuição de medicamentos, não pensem que são apenas os mais pobres que se beneficiam do programa. Não! O SUS é um patrimônio de todos os brasileiros. Aqui as pessoas de classe média e de classe alta também têm acesso para buscar uma vida com mais qualidade. Ele existe para atender a todos. E é por isso que, em vez de atacá-lo, devemos preservá-lo e trabalhar para melhorá-lo — ressaltou.

O senador explicou que a hepatite C é uma doença silenciosa, transmitida pelo sangue contaminado, que afeta o fígado, podendo ocasionar a fibrose hepática e o câncer.

Segundo a Organização Mundial da Saúde, no mundo todo, entre 130 milhões e 170 milhões de pessoas estão infectadas pelo vírus da hepatite C, que chega a matar, anualmente, entre 350 mil e 700 mil pessoas.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

MAIS NOTÍCIAS SOBRE:
Medicamentos Senador Humberto Costa