Jorge Viana elogia encíclica do Papa Francisco sobre meio ambiente

Da Redação e Da Rádio Senado | 18/06/2015, 15h39 - ATUALIZADO EM 18/06/2015, 20h37

O senador Jorge Viana (PT-AC)  elogiou a encíclica do Papa Francisco sobre meio ambiente, divulgada nesta quinta-feira (18). No documento, o Papa fala de sua preocupação com as mudanças climáticas e observa que, como comprovam os cientistas, elas são provocadas pela atividade humana.

Por isso, explicou o senador, o Papa defende mudanças no sistema de produção e consumo humano, principal responsável pela grande emissão de gases do efeito estufa, e a alerta que essa mudança depende de todos, não apenas de governos, empresas e indústrias.

Jorge Viana ressaltou que no documento, que está sendo chamada de Encíclica Verde, o Papa manifesta preocupação com a escassez de água e com a deterioração sua qualidade, alertando que isso pode gerar guerras no futuro.

Na luta contra o desequilíbrio no planeta, o Papa Francisco, assinala o senador, afirma que o sacrifício maior deve ser dos países ricos e não dos países mais pobres.

— A África, parte da Ásia e o nosso continente sul-americano têm que ter tratamento diferente do da Europa, dos Estados Unidos e de outras partes desenvolvidas do mundo.  Eu acho muito bonito o posicionamento do Papa Francisco, vem em boa hora e, quem sabe, sirva de inspiração para que os líderes mundiais que vão se encontrar em Paris em novembro possam firmar um novo pacto pelo clima no planeta — disse o senador.

Em seu pronunciamento, Jorge Viana também registrou que o corpo do ex-deputado Paes de Andrade foi velado nesta quinta-feira no Salão Negro do Congresso Nacional e enterrado em Brasília.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

MAIS NOTÍCIAS SOBRE:
Senador Jorge Viana