Marcada para 9 de junho audiência pública com a diretoria do Postalis

Iara Guimarães Altafin | 19/05/2015, 10h10 - ATUALIZADO EM 19/05/2015, 11h51

O presidente da Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle (CMA), senador Otto Alencar (PSD-BA), marcou para o dia 9 de junho audiência pública com a diretoria do Postalis, instituto de previdência complementar dos empregados da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos. Ela será chamada a esclarecer notícias de um rombo de mais de R$ 5 bilhões no fundo de pensão.

A data foi sugerida pelo senador Flexa Ribeiro (PSDB-PA), autor do requerimento propondo o debate. Conforme o parlamentar, funcionários dos Correios estão sendo obrigados a fazer participação extra no Postalis, em valor correspondente a 25% do salário, que se soma aos 13% que já recolhem regularmente.

Serão convidados para a audiência pública, entre outros, Antonio Carlos Conquista, presidente do Postalis; Wagner de Oliveira, presidente dos Correios; Carlos de Paula, diretor-superintendente da Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc); José dos Santos Neto, secretário-geral da Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios, Telégrafos e Similares; e Luiz Alberto Barreto, presidente da Associação dos Profissionais dos Correios.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)